A PERCEPÇÃO DA HOMOSSEXUALIDADE, MUNDO E CORPO

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Paulo Roberto Cachola de Carvalho
Alexandra Fernandes Azevedo Venturi

Resumo

Esta pesquisa buscou a abordagem da questão de gênero a partir da concepção fenomenológica de mundo e corpo. Para tanto, apoiou-se em comentadores e obras centrais do filósofo Merleau-Ponty a fim de explorar a concepção não dualista de corpo e razão na construção da percepção do sujeito de si e de mundo. A concepção fenomenológica de corpo permite a superação da construção da identidade limitada a rótulos e siglas, os quais impedem o sujeito de construir uma percepção consciente da realidade concreta, de si mesmo e do mundo. A fenomenologia dá a oportunidade de ampliar o horizonte de ação do psicólogo, por oferecer uma visão de mundo capaz de superar as imposições sociais que cerceiam a possibilidade de ser daqueles que não se enquadram nos padrões sociais e culturais exigidos. A prática de acolhimento das diferentes existências dos corpos proposta pela fenomenologia oportuniza amenizar o sofrimento dos pacientes que buscam ajuda para terem sua sexualidade e opção de gênero acolhida e respeitada.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
Artigos