AVALIAÇÃO DO PERFIL LIPÍDICO EM PACIENTES ATENDIDOS EM UM LABORATÓRIO PARTICULAR EM JACUTINGA - MG

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Thais de Cassia Silviéri
Daniela Peixoto Ferro do Prado
Inês Juliana Martorano Giardini
Gleidson Juliacci Patto
Thaís Louise Soares

Resumo

Existem vários fatores de risco que podem estar associados e levar ao desenvolvimento de doença coronariana, onde a maior parte da associação desses fatores de risco seria mediada pelo colesterol total (CT) e pela lipoproteína de baixa densidade (Low Density Lipoprotein – LDL). Esse estudo teve como objetivo analisar o perfil lipídico na população atendida por um laboratório particular na cidade de Jacutinga – MG. Estudo transversal, descritivo, com coleta de dados, de pacientes que realizaram exames do perfil lipídico no ano de 2017. As variáveis analisadas nesse estudo foram: Gênero, Idade, Plano de saúde, cidade e exame.  Foi encontrado um total de 1.597 pacientes, cada paciente que realizou o perfil lipídico efetuou mais de um exame, do qual se obteve um total de 6.355 exames. Ao verificar o resultado de todos os exames realizados, observou-se que no colesterol total (CT) houve um maior número de resultados dentro do valor de referência considerado como desejável; já no HDL (2 a 19 anos) maioria entre os desejáveis; no LDL na faixa etária de 2 a 19 anos 1044 resultados de 1447 estão dentro do valor de referência desejável para essa faixa etária; nos níveis de triglicérides (TG) maioria também entre os desejáveis, em todas as faixas etárias. Pode-se concluir que houve maior solicitação de exames por pacientes maiores de 60 anos, mulheres e exames com pedidos particulares e a análise de Colesterol total se destacou com maior número de exames alterados.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
Artigos