O CUSTO AMBIENTAL DO DESPERDÍCIO DE ALIMENTOS DE ORIGEM VEGETAL E ANIMAL: PROPOSTA DE UMA VALORAÇÃO COM BASE EM TARIFAS EXISTENTES

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Keylla Emanuele Tonhão
Ricardo da Silva Manca

Resumo

O aumento do consumo de alimentos de origem vegetal e animal tem crescido nas últimas décadas. O crescimento populacional e o maior acesso aos produtos, aliado ao consumo desenfreado, desencadeou uma necessidade de aumento da oferta para atender a demanda crescente por alimentos. Além disso, grande parte dos alimentos produzidos ou comercializados in natura são desperdiçados. Nesse sentido, o objetivo do presente trabalho é propor uma metodologia que contabilize os custos ambientais sobre os desperdícios de alimentos oriundos do setor agrícola e pecuário. Com base na classificação dos impactos ambientais propostos pelo Estudo de Impactos Ambientais (EIA) e Relatório de Impacto ao Meio Ambiente (RIMA), criou-se uma metodologia capaz de avaliar a magnitude dos impactos na captação de recursos hídricos, no lançamento de efluentes, no desmatamento, no uso do solo e nos recursos energéticos, e a partir destes, elaborou-se uma métrica capaz de valorar monetariamente o custo do desperdício de alimentos, com base em sua produção e impactos ambientais.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
Artigos